< Voltar à listagem

Abraçando a Solidariedade

15/03/2016

“O que eu faço, é uma gota no meio de um oceano. Mas sem ela, o oceano será menor.”
Madre Teresa de Calcutá
 
Promovendo a solidariedade social, a CERAMIFOR e os seus colaboradores puderam ajudar duas instituições que acolhem e apoiam crianças e jovens.
 
Além das dádivas monetárias, também foram reunidos bens alimentares, produtos de higiene, roupas e brinquedos, que foram entregues à “Girassol” na Marinha Grande e ao “Lar de Santa Isabel” em Leiria. Ambas as instituições acolhem e ajudam crianças e jovens, vítimas de maus tratos, negligência ou outra situação de risco.
 
A Girassol
 
Sob a tutela do Centro Regional de Segurança Social de Leiria, a instituição Girassol situada em Marinha Grande, Leiria, acolhe crianças e jovens vítimas de abandono, maus tratos, negligência, ou outra situação de risco que mova a Comissão de Protecção de Menores, e/ou o Tribunal, e/ou a Segurança Social a retirar às famílias biológicas ou outras, a tutela dos seus filhos. Conta com a solidariedade de particulares e empresas.
A Girassol acolhe neste momento 15 crianças e jovens, dos 4 meses aos 13 anos de idade.
 
E o,
 
Lar de Santa Isabel
 
É uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, que tem por finalidade o acolhimento de crianças/jovens, do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 6 e os 18/21 anos, privadas de um meio familiar normal, no sentido de lhes proporcionar estruturas de vida tão aproximadas, quanto possível, às das famílias.
Proporcionando os meios necessários para o seu desenvolvimento físico, intelectual, moral e profissional e a sua inserção na sociedade e promovendo, sempre que possível, a sua reintegração na família e comunidade.
Vive de um subsídio mensal, atribuído pela Segurança Social e, com donativos de empresas e particulares.
Actualmente, o Lar Santa Isabel acolhe 40 crianças/jovens, entre os 8 e os 20 anos de idade.
 
A CERAMIFOR assumindo o seu compromisso solidário, agradece também o contributo dos seus colaboradores com bens e géneros essenciais àquelas duas instituições.
 
A cada ano tentamos ajudar uma ou mais instituições diferentes, para que a nossa “gota de água” possa ajudar e, a colorir um pouco a vida de uma ou mais crianças.