•  FORNOS CONTÍNUOS 

  •  FORNOS CONTÍNUOS 


ELÉCTRICOS, A GÁS OU COMBUSTÍVEL LÍQUIDO

Os fornos contínuos são modelos vocacionados para produções em contínuo com cargas tendencialmente mais homogéneas e possibilitam ciclos de trabalho relativamente mais rápidos que os modelos câmara. São também fornos mais eficientes, onde os consumos de energia são significativamente mais baixos do que os fornos intermitentes, considerando a mesma produção.

O processo de desenvolvimento de soluções é assegurado por uma equipa técnica e de projecto com larga experiência e conhecimentos com soluções com base em experiências reais dentro das mais diversas áreas.

Os isolamentos bem como os sistemas de aquecimento, regulação e controlo, obedecem a um critério de distribuição ao longo do forno, de forma a cumprir as diversas curvas de cozedura identificadas para cada caso.

Em fornos de menor capacidade e para temperaturas até 1.150ºC, podemos considerar fornos contínuos de tapete com movimentação electromecânica.

AQUECIMENTO

Através de resistência eléctricas, queimadores a gás (de alta velocidade – JET) ou combustível líquido, estudados em cada caso de acordo com as características do forno e tipo de tratamento.

ISOLAMENTO

Em fibra cerâmica e outros materiais de baixa massa térmica habitualmente aplicados, permitem com facilidade ciclos rápidos ou lentos conforme as características do tratamento.

O revestimento a tijolo isolante e refractário, bem como o betão nas diversas referências, fazem parte habitual dos modelos fabricados, e são aplicados  tendo em conta o nível de exigência de cada tratamento e o grau de impacto do choque térmico, principalmente em vagonas de movimento contínuo.

AUTOMATIZAÇÃO

Diversas soluções de movimentação de vagonas por processos hidráulicos ou electromecânicos.